Orçamentação de Obras de Construção Pesada e Infraestrutura (SICRO e BDI) - Rápido


LOCAIS E DATAS ABERTAS PARA INSCRIÇÃO:
- GOIANIA-GO - Data: a definir
- São Paulo-SP - Data: a definir
- São Luis-MA - Data: a definir
- Demais Locais-DF - Data: a definir
- Porto Alegre-RS - Data: a definir
- Belo Horizonte-MG - Data: a definir
- Curitiba-PR - Data: a definir
- BRASÍLIA-DF - Data: 26/05/2017


CONTEÚDO DO CURSO::

Próximas Turmas

- Brasília-DF - 11 e 12 Abr 2017
-
São Luiz - MA - Aguarde datas para 2017
- Belo Horizonte-MG - Aguarde datas para 2017
-
Cuiabá - Aguarde datas para 2017
 

Veja  Benefícios aos participantes na aquisição do COMPOR 90
Clique Aqui

      
          A grande competitividade no mercado atual é um fato e exige que empresas e profissionais sejam cada vez mais eficientes como forma de poderem obter ganhos em suas áreas de atuação. A elaboração de um orçamento com correção é determinante para que a empresa obtenha ganhos e não seja surpreendida com perdas de faturamento ou custos adicionais que podem ser evitados com a correta elaboração de um  orçamento. Este curso visa apresentar as peculiaridades dos orçamentos de obras de construção pesada, com foco nas obras rodoviárias,  particularizando a Metodologia adotada pelo DNIT para gerar as tabelas do SICRO, apoiado nos conceitos da Engenharia de Custos. 

 

         O curso será apresentado pelo Prof. Francisco das Chagas Figueiredo e terá caráter eminentemente prático. A apresentação dos conceitos e tecnicas para elaboração de orçamento será intercalada com prática dos mesmos com a realização de exercícios contextualizados para obra de referência. Os participantes terão oportunidade de aplicar os novos conhecimetnos em obra de seu interesse. O conteúdo deste curso está alinhado com as práticas recomendadas pelo Project Management Institute (PMI), conceitos da Engenharia de Custos, Decreto 7983/2013 e Cartilha do TCU para Elaboração de Planilhas Orçamentarias de Obras Públicas, considerando as demais orientações, determinações, súmulas, decisões e acórdãos do TCU. 
 

PÚBLICO-ALVO

 

        Engenheiros, arquitetos e demais profissionais que desenvolvam atividades onde elaborar ou interpretar orçamentos, auditar, controlar ou apropriar custos de obras de engenharia em geral, principalmente Obras de Construção Pesada, considerando ou não a Metodologia de Referência do Governo Federal na área.  
 

     Conteúdo RECOMENDADO para os profissionais que precisem:

- Elaborar Orçamento de Referência – necessário para  realização de licitações para contratação de obras pelos órgãos públicos (Decreto 7983 e acórdãos relacionados). O Orçamento de Referencia é anexo obrigatório do Projeto Básico da obra que será licitada.

- Elaborar Propostas de Preços pelas empresas para participantes de licitações públicas

- Elaborar Orçamentos Executivos para as empresas conhecerem com precisão a Estimativa de custos para realizar uma obra de Engenharia (Pública ou Privada)

- Analisar Orçamentos de Referência, Propostas de Preços e Orçamentos Executivos para execução de obras de Engenharia

- Interpretar e Calcular BDI e BDI Diferenciado para Obras de Engenharia

 

OBJETIVOS

          Apresentar e praticar conceitos, procedimentos e técnicas empregadas na elaboração do Orçamento de Obras de Construção Pesada e Infraestrutura, com foco nas Obras Rodoviárias e na atual metodologia de orçamentação adotada pelo DNIT e Governo Federal, o Sistema Nacional de Custos Rodoviários (SICRO), principal referência nacional para obras de Construção Pesada. 

         

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Veja Metodologia de Ensino e Conteúdo Programático Completo no Folder do Curso para cada turma (link para arquivo no final da página)

  • A Orçamentação no contexto do Gerenciamento de Obras de Engenharia, sua importância para a saúde financeira do contrato e sucesso na entrega da obra em foco
  • Conceitos básicos, composição mínima, legislação de referência e informações necessárias e levantamento de dados para elaboração de orçamentos de obras de engenharia
  • Relação entre o Orçamento e o Planejamento da Obra:  a Elaboração do Orçamento como etapa do Planejamento da Obra
  • Estimativa de Custos X Orçamento X Proposta de Preços => Orçamento de Referência  (características, diferenças e emprego)
  • Metodologia para elaboração de orçamento com correção e precisão
  • Elaboração da Planilha Orçamentária e Levantamento de Quantidades: Critérios de Medição e Memória de Cálculo de Quantidades
  • Composições de custo: tipos, interpretação, análise, elaboração, emprego e bases de dados de referência
  • Custo unitário de serviços
  • Cálculo do Custo da Mão de Obra: Salários, Encargos Sociais, Encargos complementares, Adicionais Legais e Benefícios, etc.
  • Cálculo do Custo de Materiais: aquisição, transporte, impostos, perdas, carga, equalização de propostas, etc.
  • Mobilização, desmobilização, administração local e administração central, instalações e canteiro (Visão Geral econceitos)
  • Tributos aplicados às obras e serviços de engenharia
  • Composição e metodologia para cálculo do BDI, inclusive BDI Diferenciado e interpretação das referências do TCU
  • Composição e metodologia para cálculo do Índice de Encargos Sociais (Visão Geral e interpretação)
  • Classificação ABC, Cronograma Físico-Financeiro e Curva “S”: interpretação e emprego
  • Observações, peculiaridades, impacto da legislação vigente, recomendações e decisões do TCU na elaboração de Orçamentos de Referência e Propostas de Preços
  • Obtenção, consulta e interpretação aos manuais e tabelas do SICRO, Cartilha do TCU e acórdãos relacionados
  • Bases de dados de referência, tabelas de preços de insumos e serviços disponíveis (SICRO, SINAPI, ORSE, AGETOP, etc.)
  • Metodologia de orçamentação utilizada pelo DNIT (SICRO);
  • Tabelas publicadas pelo DNIT: obtenção, interpretação e emprego;
  • Produção de Equipe Mecânica;
    • Formulário para cálculo e Tabelas Auxiliares;
    • Fórmulas, variáveis e cálculo da produção horária de equipamentos;
    • Bases de dados de referência;
    • Exemplo de cálculo;
    • Tempos Operativo (Produtivo e em Espera) e Improdutivo;
  • Tabelas publicadas pelo DNIT: obtenção, interpretação e emprego;
  • Manuais Técnicos, Especificações Técnicas e critérios de medição de serviços adotados pelo DNIT: obtenção, interpretação e emprego;
  • Custo de Equipamentos e Veículos;
    • Custo operativo (produtivo e em espera) e custo improdutivo;
    • Custo fixo: depreciação, juros, impostos e seguro;
    • Custo de manutenção: interpretação, emprego, fórmula e coeficientes;
    • Custo de operação (mão de obra e material): interpretação, emprego, fórmula e coeficientes;
    • Custo de locação: garantia de horas mínimas, parcelas incluídas, análise de viabilidade, etc.;
  • Custo de Transportes;
    • Tipos e formas de cálculo;
    • Custo por hora, quilômetro, mês e unidade de transporte;
    • Equação de custo de transporte;
    • Custo de transportes especiais;
    • Ajuste de parâmetros às condições da obra;
  •  Aplicação da metodologia do SICRO em outras obras de construção pesada;
  • Exemplo de aplicação e prática dos conceitos e técnicas apresentados em parte de uma obra de referência como estudo de caso
  • Análise e comentários sobre as principais mudanças e inovações previstas no NOVO SICRO
    • Custo horário de equipamentos
    • Fator de Interferência do Tráfego
    • Fator de Influência da chuva
    • Custo da Mão de Obra
    • Custo de Materiais Asfálticos
    • Composições para Canteiros Padrão e Administração Local
    • etc.
  • Debates com os participantes e esclarecimento a dúvidas

Tópicos a seguir para cursos com 24 e 32 horas ou, a depender do desempenho da turma e disponibilidade de temp,o nas turmas com 16 horas è  Os tópicos a serem apresentados serão escolhidos pela Turma de acordo com a disponibilidade de tempo

 

  • Dimensionamento de equipes de trabalho (apenas mão de obra, sem equipamentos) e seu impacto na elaboração da composição de custos (Visão Geral e emprego)
  • Análise da consistência entre a equipe de trabalho e as composições de custo (Visão Geral)
  • Impacto da inconsistência entre equipes de trabalho e os coeficientes técnicos adotados nas composições de custos (Visão Geral)
  • Obtenção, consulta e interpretação aos manuais e tabelas do SINAPI (Visão Geral)
  • Classificação ABC, Cronograma Físico-Financeiro e Curva S” => Elaboração
  • Reajustamento de Preços e Atualização de Orçamento
  • Bases para implantação e manutenção de Sistemas de Referência de Custos de acordo com o Decreto 7983
  • Roteiro para Elaboração e Análise de Orçamento
  • Mobilização, desmobilização, administração local e administração central, instalações e canteiro: Exemplo de cálculo para a obra de referência
  • Apropriação de campo para levantamento ou validação de coeficientes técnicos (principais pontos e disponibilização da metodologia simplificada de autoria do palestrante)
  • Apropriação do custo de equipamentos e viaturas em obras de construção pesada (principais pontos e disponibilização da metodologia completa de autoria do palestrante).
  • Emprego de planilhas e programas na orçamentação e planejamento de obras (integração e compartilhamento de bases de dados)
  • Interação entre Softwares de Orçamentação, Planejamento e Controle de Obras no contexto do curso
  • Prática com emprego de Software de Orçamentação


Veja Metodologia de Ensino e Conteúdo Programático Completo no Folder do Curso para cada turma (link para arquivo no final da página)

 

Consulte-nos sobre a possibilidade de ajustes no programa e organização de turmas específicas, in company ou para grupo de profissionais.

 

PRÉ-REQUESITO

 

Não há

 

DATA e HORÁRIO

 

        Turma em Brasília:  11 e 12 de abril de 2017 ,  das 08:30 às 18:00  
        Turma em Brasília:  26 e 27 de maio de 2017 ,  das 08:30 às 18:00  

        Turma em São Luiz-MA aguarde agenda para 2017
        Turma em Goiania:
  aguarde agenda para 2017
        Turma em Cuiabá:  aguarde agenda para 2017
        Turma em Belo Horizonte:  aguarde agenda para 2017
        Turma em Fortaleza:  aguarde agenda para 2017
        Turma em Belém:  aguarde agenda para 2017
        Turma em Porto Alegre-RS:  aguarde agenda para 2017
        Turma em Recife:  aguarde agenda para 2017

O curso poderá ser adiado ou cancelado caso não haja confirmação do número mínimo de matrículas

 

LOCAL

Turma Brasília - Plano Piloto, o local será divulgado com a confirmação da matrícula

Caso ocorra algum imprevisto que inviabilize a realização do curso no local previsto inicialmente,  será providenciado outro de padrão igual ou superior

 

CARGA HORÁRIA

16 a 32 horas-aula - confirmar no folder da turma específica

 

PALESTRANTE

 

FRANCISCO DAS CHAGAS FIGUEIREDO, Engenheiro de Fortificação e Construção pelo IME(1993), Engenheiro Militar da Reserva do Exército Brasileiro, Mestre em Engenharia Civil  pela Universidade Federal Fluminense (2001). Autor da Metodologia para Elaboração de Orçamento de Obras e Serviços de Engenharia (adotada pelo Exército em 2005 e aprovada pelo TCU em 2010) e de diversos trabalhos técnicos para regular elaboração de planejamento, controle e apropriação de custos em obras de engenharia. Como Engenheiro Militar do Exército realizou e liderou equipes para gerenciamento de diversas obras. Como engenheiro da Diretoria de Obras de Cooperação (Exército Brasileiro), trabalhou na análise e emissão de parecer para aprovação do


CLIQUE NO(S) LINKS ABAIXO PARA VISUALIZAR O(S) ARQUIVO(S)
Apostila Curso Orçamento de Obras de Construção Pesada - RECIFE-PE
Arquivos de Referência Curso Orçamento de Obras de Construção Pesada - Turmas 2016/2017
Currículo Prof Figueiredo
Folder Orçamento de Obras de Construção Pesada (SICRO e BDI ) - Brasilia - 2017
Orientação para Matricula Cursos -Prof Figueiredo
Política de Preços
Portfólio da Prof Figueiredo Consultoria e Capacitação LTDA

ESCOLHA O CURSO E FAÇA A PRÉ-INSCRIÇÃO:
*Selecione abaixo o Local desejado:
Orçamentação de Obras de Construção Pesada e Infraestrutura (SICRO e BDI) - Rápido
Entidade Certificadora: Prof. Figueiredo / GOIANIA-GO
Ínicio deste Curso: a definir
 
Orçamentação de Obras de Construção Pesada e Infraestrutura (SICRO e BDI) - Rápido
Entidade Certificadora: Prof. Figueiredo / São Paulo-SP
Ínicio deste Curso: a definir
 
Orçamentação de Obras de Construção Pesada e Infraestrutura (SICRO e BDI) - Rápido
Entidade Certificadora: Prof. Figueiredo / São Luis-MA
Ínicio deste Curso: a definir
 
Orçamentação de Obras de Construção Pesada e Infraestrutura (SICRO e BDI) - Rápido
Entidade Certificadora: Prof. Figueiredo / Demais Locais-DF
Ínicio deste Curso: a definir
 
Orçamentação de Obras de Construção Pesada e Infraestrutura (SICRO e BDI) - Rápido
Entidade Certificadora: Prof. Figueiredo / Porto Alegre-RS
Ínicio deste Curso: a definir
 
Orçamentação de Obras de Construção Pesada e Infraestrutura (SICRO e BDI) - Rápido
Entidade Certificadora: Prof. Figueiredo / Belo Horizonte-MG
Ínicio deste Curso: a definir
 
Orçamentação de Obras de Construção Pesada e Infraestrutura (SICRO e BDI) - Rápido
Entidade Certificadora: Prof. Figueiredo / Curitiba-PR
Ínicio deste Curso: a definir
 
Orçamentação de Obras de Construção Pesada e Infraestrutura (SICRO e BDI) - Rápido
Entidade Certificadora: Prof. Figueiredo / BRASÍLIA-DF
Ínicio deste Curso: 26/05/2017
 
*Digite seu E-mail:

:::: NOSSOS PARCEIROS ::::